Voiced by Amazon Polly

Se manter no mercado é um desafio para muitas marcas que já tem um histórico bastante forte. Um exemplo que podemos citar é a empresa Kraft Heinz, que em fevereiro de 2019, anunciou uma queda de US$ 15,4 bilhões, perdendo 30% do mercado e alegando que as suas marcas não conseguiram acompanhar o mercado. Imagine o quão grande é o desafio para uma empresa que está entrando agora no mercado criar uma marca forte e duradoura?

Já avisamos desde então, que não é impossível criar uma marca forte para o seu negócio. Com o intuito de lhe ajudar neste desafio, nós separamos as principais dicas que você deve considerar para iniciar esse processo.

1. Crie uma identidade visual

Para uma marca ser considerada forte, ela primeiramente precisa existir. Para isso, você deve se preocupar em criar vida para a sua marca.

Definir quem é a sua marca e expor essa história através de uma logomarca que traduza a sua essência. Deixe claro quais são as cores que a sua marca têm e como ela será apresentada ao mercado.

A logo é o que deverá em breve identificar e humanizar a sua marca e é um passo bastante importante na construção de uma marca forte. Comece pensando quem é a sua marca e como uma logomarca pode traduzir tudo isso.

2. Defina objetivos e ações

Aonde você quer chegar com a sua marca? Quais são as métricas que são importantes para o seu negócio? Qual é o posicionamento da sua marca perante o seus prospectos?

Para criar a marca, você deve ter feito um estudo de mercado para analisar como está se comportando o mercado neste momento, qual é a melhor hora de entrada, análise dos seus concorrentes, etc. Essa análise é feita antes de criar a marca.

Agora que a sua marca está criada e você tem definido em qual mercado quer ingressar, é hora de definir os objetivos da sua marca e quais ações serão tomadas para alcançar esse objetivo.

Vamos a um exemplo? Digamos que a sua marca está sendo criada na cidade de São Paulo e você tem como objetivo, além de fortalecê-la no Estado de São Paulo, também levá-la para o Paraná e para o Rio de Janeiro. Quais ações você deve tomar para que alcance esses objetivos?

Defina isso antes de tomar qualquer ação não pensada e colocar energia em algo não planejado e com pequenas chances de dar certo.

3. Saiba com quem a sua marca se comunica 

Não adianta começar a criar perfis em todas as redes sociais existentes, pois nem todas podem ser estratégicas para o seu negócio.

Primeiro, defina quem é o público que você quer atingir e conquistar como seus clientes. É um público adolescente? Jovem? Um público mais maduro ou o seu produto e serviço é direcionado para o público da terceira idade?

Com o seu público definido, você fará uma pesquisa de onde ele se encontra, em quais redes, como ele obtém informações, o que gosta de fazer, quais os problemas que possui e que o seu produto e serviço pode solucionar.

Então, crie perfis nas redes onde esse público está e inicie uma conversa, um relacionamento com ele.

4. Tenha um site e um blog

Não deixe que um perfil de rede social seja o seu endereço digital. Invista em um site, pois nunca saberemos quando uma rede social vai acabar. O site é a primeira impressão que um prospecto terá ao ter contato com a sua marca.

No seu site você deve informar a história da sua marca, qual é a missão dela no mundo, os valores que a sua marca valoriza e o propósito de sua existência. Isso faz você humanizar a sua marca e os seus clientes se identificam com isso.

Lembre-se que a sua marca deve agir conforme ela “se define”. Não adianta defender a preservação do meio ambiente, por exemplo, e poluir os rios da cidade. O consumidor está cada vez mais exigente e não perdoa quando se sente enganado.

O blog pode ser utilizado como geração de leads se for bem utilizado. Utilize conteúdo para ajudar o seu prospecto. Ajudar a descobrir que ele tem um problema, ajudar a solucionar o seu problema, falar sobre as dores do seu público-alvo e como a sua marca pode lhe ajudar.

A construção de uma marca forte é um processo lento e deve ser consistente. É uma tarefa diária, mostrando as boas intenções, criando relacionamentos e canais de comunicação com os seus clientes.